Google+ Endorfinando - Paixão por Esportes: Ipod Nano e atividade física ?? NÃO !!!

sábado, março 26, 2011

Ipod Nano e atividade física ?? NÃO !!!

Galera, vou apenas reproduzir abaixo o texto de outro colega blogueiro, o caso dele se aplica ao meu caso, as únicas diferenças é que o meu morreu em 4 meses e meu caso aconteceu em São Paulo.
O Blog do autor do texto é : http://tudibao.com.br

Com o Ipod não pode…suar!

O post de hoje será sobre uma experiência pessoal que tive na semana passada e que exemplifica como uma publicidade mal feita pode afetar as pessoas.

Todos sabem que o Ipod é um dos produtos mais “sonhados” por parte dos corredores, principalmente o novo IPOD NANO TOUCH (6ª geração). O motivo deste sucesso se dá pelo fato de que houve uma união entre o que há de melhor da mobilidade e tamanho do Ipod Shuffle, com a tecnologia da tela touch e da conexão dock stage. Com o novo Nano consegue-se correr ou caminhar com ele preso à sua camiseta ou top, por meio do clipe, sem que seja incômodo ou que sinta o mesmo pesado, ao mesmo tempo em que se pode visualizar os comandos e músicas escutados.

Tal forma de uso é até incentivada pelo material publicitário exposto no site da Apple Store, onde diversas imagens demonstram o uso do novo Nano fixo em camisetas e tops, inclusive quando a pessoa está se exercitando em corridas ou esteira. A Apple até induz o usuário a usá-lo desta forma ao afirmar Prenda-o na manga, na jaqueta ou no shorts”.

Ocorre que, após eu ter seguido estas sugestões e ter fixado o Ipod Nano exatamente como nas fotos, não precisei de muitas corridas para que percebesse que a indicação realizada pela Apple é enganosa e mentirosa, pois o meu Ipod Nano simplesmente parou de funcionar no meio da corrida. Achei que era algum problema de término da carga da bateria, apesar de tê-lo carregado naquele dia. Retornei à minha casa e o coloquei para carregar, momento em que percebi que a tela touch não acendia mais.

Levei-o à assistência técnica de Campinas (My Store), localizada no Shopping Iguatemi, o rapaz me perguntou como tinha parado de funcionar a tela e eu expliquei que foi durante um treino de corrida. Ai veio a informação mais ridícula que alguém que adquiriu o Ipod para correr poderia ouvir: me avisou que o IPOD tinha tido contato com suor e que, por isso, não estava coberto pela garantia.

Fiquei muito admirado, até porque usei o aparelho da forma como vi na própria publicidade do fabricante na Internet mas, mesmo assim, indaguei quanto ficava para arrumá-lo já que a garantia (que só termina em setembro de 2011) não iria cobria tal reparo. Sabem o que ouvi? Que o Ipod Nano Touch não tem reparo, porque é selado e não tem como repará-lo. Caso tenha algum problema e o equipamento esteja dentro da garantia a Apple dá um novo. Ora, se o aparelho não tem reparo significa que, após término da garantia, caso tenha alguma avaria não há como repará-lo! Isto é surreal!

A publicidade do Ipod Nano incentiva o usuário a utilizá-lo em corridas e academias, atividades que por definição suam muito. Indica, inclusive, visualmente a forma como devemos utilizá-lo. Apesar disto o Ipod não pode entrar em contato com o suor, sob pena de parar de funcionar e, se isso ocorrer, a garantia de fábrica não cobre referido prejuízo e também não há como repará-lo fora da garantia com os custos arcados pelo proprietário, ou seja, caso isto ocorra, perde-se o Ipod!

Isto é um completo absurdo, até porque o aparelho é usado, em sua grande maioria, por atletas (corredores principalmente). A Apple está cometendo diversas arbitrariedades ao não colocar em sua publicidade que com o Ipod não se pode suar, já que a maioria dos seus compradores são atletas que querem ouvir um sonzinho ao malhar.

A Apple, tendo conhecimento destes fatos e realizando a publicidade da forma como realiza, está afrontando o Código de Defesa do Consumidor, pois trata-se de publicidade enganosa, por ação e por omissão. Por ação, porque sugere em suas fotografias um uso do equipamento que pode danificá-lo. Por omissão, porque omite em sua publicidade qualquer referência de que o equipamento não pode ser usado próximo ao corpo em atividades esportivas pela proximidade do suor. Não vamos nem cogitar que a Apple desconheça que em provas de média e longa duração (10, 21 e 42 km) o atleta fique com a camiseta encharcada de suor, ainda mais quando se realiza a mesma em temperaturas altas e com sol a pino.

Ademais, não podemos esquecer que outra irregularidade esta presente nesta história com o fato de que o equipamento não pode ser consertado ou reparado. Neste caso a Apple deveria noticiar tal fato em sua publicidade ou embalagem de forma ampla e explícita, pois ninguém que se dispõe a pagar R$ 650,00 (IPOD NANO 16gb) gostaria de descobrir que o seu Ipod não pode ser consertado.

A publicidade enganosa por omissão é clara no caso. O artigo 32 do Código de Defesa do Consumidor ainda impõe que “os fabricantes e importadores deverão assegurar a oferta de componentes e peças de reposição enquanto não cessar a fabricação ou importação do produto”, ou seja, a Apple deve consertar o Ipod que vende.

O mais curioso, demonstrando a má-fé da empresa, é que, em uma simples pesquisa que realizei na Internet, percebi que o que ocorreu comigo é muito frequente e atinge diversos usuários. Recentemente a própria Apple teve que modificar o Ipod Shuffle por reclamações dos usuários de que os comandos do mesmo paravam de funcionar e o próprio Ipod parava quando em contato com o suor das corridas. Tanto é verdade, que quando estava na assistência técnica da Apple do Shopping Iguatemi de Campinas uma jovem chegou com o mesmo problema no Ipod dela e recebeu indignada a mesma resposta que eu recebi: a garantia não cobre e não há conserto!

Já falamos aqui em outro post, que a publicidade de carros teve que ser alterada e obedecer a critérios visuais de modo que os consumidores não fossem enganados com a imagem de um modelo completo anunciado com preço de modelo básico por meio da célebre frase “a partir de…”. Com o mesmo entendimento, a Apple não pode incentivar em sua publicidade o uso do seu produto de uma forma que sabe que pode danificá-lo e que sabe que a sua garantia não o cobre. Isto é má fé!

Para quem quiser acompanhar este caso, o meu processo judicial corre pela Vara dos Juizados Especiais de Campinas, sob o nº. 114.01.2010.069476-2. Esta semana abrirei uma denúncia no Ministério Público do Estado de São Paulo visando impedir futuros prejuízos a outros usuários de Ipod em corrida. Quem sabe assim não conseguimos alterar esta forma maliciosa da Apple agir!

7 comentários:

Ivone Teixeira disse...

Fico muito triste que mesmo com o código de defesa do consumidor sejamos ludibriados por empresas que só visam escandalosamente e descaradamente o lucro.E findo de uma empresa que acreditávamos ter idoneidadeé pior ainda. Tenho o mesmo ipod e queria utilizá-lo em longão como prendi no boné não deu problema ainda, porém não dá para correr preso ao boné por conta dos assaltos.

Estou com receio pq o meu comprei no ml e não tenho nota fiscal, o que devo fazer?

Ah! parabéns pelo post muito bom e esclarecedor!

Rick Runner disse...

Fica tranquila, que ao menos nisso a Apple é decente, a garantia é mundial, não importa onde foi realizada a compra, é só dizer o número de série q eles localizam a data da compra !

Guilherme disse...

Tive o mesmo problema com o mesmo modelo. Tive que joga-lo no lixo! Hoje corro com outro Ipod Nano envolto em plástico para não entrar suor. Detalhe: Eu ainda comprei um arm band na nike, através do site da Apple, e mesmo assim perdi meu Ipod, ou seja, nem o equipamento que serve para correr da Nike, muito menos a Apple garantem o que vendem... uma vergonha mesmo!!!

Rick Runner disse...

Qual Nano vc tava usando e qual usa agora ?? Como é a proteção que você fez ?

Abs

Anônimo disse...

Olá pessoal, aconteceu o mesmo comigo, ipod nano 6G 8 G 4 meses de uso, APPLE FAIL. Alguem conseguiu que a garantia cobrisse isso?

candiao@gmail.com

[],s

DJR disse...

Tive problema semelhante. Infelizmente, mais de uma vez. Já perdi um ipod shuffle e dois ipods nanos. Também recebi a mesma resposta sobre a perda da garantia.
Até fui em lojas da apple na França e Alemanha, mas tb negaram troca ou reparação. A sugestão ridícula q me foi dada na loja da apple do Louvre foi para eu descartar o ipod defeituoso no lixo de reciclados da loja e receber 5 ou 10% (não me lembro exatamente) de desconto na compra de um novo produto! Uma picaretagem.
Alguém tem uma sugestão de mp3 decente para corridas??

Unknown disse...

Novidades, os Ipods ainda estao assim? E o processo o que deu?

Google+