Google+ Endorfinando - Paixão por Esportes: A outra face do erro

quarta-feira, março 17, 2010

A outra face do erro

O esporte é feito de decisões,no futebol a decisão certa ou errado de um treinador resulta em sucesso ou fracasso, na corrida, a estratégia definida de ritmo ou de treino determina novamente o sucesso e o fracasso mas dessa vez, o que quero desenvolver aqui é o outro lado do erro. As vezes somos crucificados e execrados por erros cometidos e nunca temos a chance do perdão ou redenção.

Na verdade, com esse texto não quero eximir ninguém que comete erros da sua responsabilidade pelo erro mas apenas mostrar que existem motivos que levam a decisão errada.

O que fazer quando vocÊ gosta muito de algo mas este algo por algum motivo esta te impedindo de viver ou vivenciar as demais situações da vida, nenhum ser humano pode ficar preso em apenas uma situação, não é saudável. E o que dizer que nos momentos em que você e este algo estão juntos, quando tudo deveria ser perfeito, por uma série de disturbios causados em outro momento, este algo fica a maior parte do tempo te atacando, acusando e o que era para ser bons momentos vira um inferno... E para piorar ainda mais, você começa a ser sufocado, tendo que dar satisfação até quando vai passear com seus cachorros, privado de liberdade. O que fazer ? Você ama este algo mas naquele momento as coisas não estão legais. VocÊ pensa : " po, isso vai passar, os bons tempos voltarão..afinal, vocês se gostam... " mas sem perceber você mergulha na sua própria psico e para conseguir viver vocÊ se modifica passando a ser menos da metade de você e na ansia por um pouco de liberdade você faz a besteira.

É julgado, condenado, execrado e o pior, sem direito a cumprir uma pena, prisão perpétua...

Este texto é sobre isso, não quero livrar ninguém de culpa, mas existem motivos que levam ao erro e depois que o erro é cometido, a situação merece uma pena e não uma prisão perpétua.

Pensem antes de julgar e condenar... Não analisem apenas o fato em si e sim o contexto total ( situação histórica, política, clima, enfim, tudo ) e aí sim coloquem a situação.

Mas uma verdade é que se a própria pessoa não se perdoa e vive carregando sua cruz... como vai esperar redenção dos outros ???

Foi só um desabafo...

Quem acompanha este blog sabe que as vezes expresso meus devaneios, apesar de ser um blog de corrida.

Vamos correr...

5 comentários:

Luciane disse...

Achei teu blog através do Blog do Doca... Adorei.. Tb tenho um blog sobre corridas, o JUST RUN! Se quiser, dá uma passadinha por lá.. será muito bem vindo...Enquanto isso vou dando uma bizoiada no seu...rs...

abraços e ótimos treinos

www.lucy-justrun.blogspot.com

Proativa disse...

Bom dia
estamos distribuindo amostras do produto SUUM (www.suum.com.br) para avaliação de corredores.
Por favor, caso tenha interesse entre em contato.
Obrigado
Marcus Araujo (marcus@proativa21.com.br)
www.proativa21.com.br

Anônimo disse...

Olá, pessoal.

Estamos dando uma passadinha em seu blog para dizer que está tudo pronto para receber os atletas que participarão de mais uma edição do MOUNTAIN DO Costão do Santinho em Florianópolis, nos próximos dias 2, 3 e 4 de abril. Neste ano tivemos recorde de inscrições, com 133 equipes num total de 1012 corredores.
Queremos agradecer o carinho de todos os participantes e também convidar os leitores do blog para participarem de nossos próximos eventos. Fiquem ligados!

Gerson dos Santos
Depto Marketing MOUNTAIN DO
www.mountaindo.com.br

Ilton Junior disse...

Fala Rick...

Carinha, saquei bem o seu desabafo..

Acho que entendi em totalidade.

Talvez por me enquadrar na história, talvez por um dia precisar tomar decisões de ser um pouco egoista e esquecer da família, dos amigos para se dedicar a uma pessoa, mas assim, igual fui me tornando a metade de mim, 40%, 30%, até ao ponto insustentável que leva a cometar o erro, sem perdão, sem julgamento, condenado apenas por "estou mais feliz sozinha"....

A vida é engraçada e injusta...

Acabamos nos dedicando a todos, a família, ao trabalho, aos estudos, ao dinheiro, as contas, ao relacionamento, mas quando percebemos, não fazemos nada para nós mesmos... Estamos sempre procurando agradar aos outros... e não há perdão... ainda não está bom... e você sabe que não está, tudo virá um inferno.

Espero que tudo melhore ou se acerte da melhor forma possível... Estou aí na torcida!

Não sei se você se lembra, mas sou o cara que você incentivou a comprar o garmin (que ótima compra) e a correr a ss2010, e de quebra, a edição da Fila Night Run dia 08/05.

Um forte abraço!

Ilton Junior
ilton_rosolem@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Gostei do post.vc tem razão, ás vezes somos "julgados" por pessoas que não sabem o porquê cometemos erros, se é que podemos chamar de ERRO o que nos faz bem!Levamos titulos como "galinha" por exemplo por tentar se sentir desejada e adorada por uma outra pessoa que não é aquela em questão que nos julga, nos condena e tenta nos manter aprisionado. Na busca de sentir-se bem, alegre, agente acaba mesmo fazendo besteira, sem pensar ás vezes que podemos magoar outras pessoas ou até mesmo nos magoar. Mas Ri, é assim.. o que nos ensina e principalmente nos apaixona não pode ser um motivo para condenar ou culpar alguém, por mais que isso seja considerado um erro para a maioria. O que vale é o que vc sente e só!

Google+