Google+ Endorfinando - Paixão por Esportes: Julho 2008

quarta-feira, julho 30, 2008

Dica

Uma das melhores coisas que eu já vi na era Web 2.0 para corredores de rua é o site MapMyRun, onde é possível medir a distancia do percurso e ainda saber calorias e em alguns casos compartilhar o mapa com os amigos.

Muito bom mesmo recomendo.

terça-feira, julho 29, 2008

Festa da Human Race

Human Race

Minha contribuição no blog, é apresentar as novas e velhas campanhas publicitárias, e como elas se relacionam com os esportes.

Nesse post vou mostrar alguns videos da campanha da Nike para a Human Race, que mistura, famosos, desafios e novos objetivos, em um mundo totalmente sem fronteiras.

Como sempre eu acho do "caramba" as campanhas da Nike.





segunda-feira, julho 28, 2008

Motivação

Sabe aqueles dias que você acorda sem vontade de correr, depois desse filme eu não tive mais preguiça nenhuma.
Amanha eu conto a historia do filme.

Voltei

Voltei gente após quase um mês sem dar sinal de vida, e estar até o último fio de cabelo atolado de trabalho, diversas campanhas virais e de performace para atender eu consegui fugir um pouco e escrever no blog...

A primeira coisa boa é que voltei a correr, após um mes sem treinar, acordei cedo, tomei um café da manhã sussa e fui para parque que tem em frente de casa correr, o sol ainda surgia no horizonte, ipod ligado no último volume, e eu todo feliz pois estava correndo meus 10km, quando no 4km senti uma fisgada muito forte na parte interna da batata da perna, tentei correr mais um pouco mas não consegui então tive que para, liguei para meu personal e ele disse que como eu parei com a musculação mais de 5 meses e não corro à 1 mes meus músculos não estão mais acostumados. Resumindo vou voltar a treinar do começo denovo, mas o bom que estou na ativa denovo.

A segunda coisa boa é que teremos uma novidade, ainda não posso informa mas com certeza será um novo, colaborador que terá a ajuda de uma personal para contar seus dias de treino até o dia da corrida HumanRace, e como será seu destaque na corrida.

Bom essa semana não vou contar nenhum case de marketing porque como eu disse estou atolado, até o pescoço com trabalho, mas não larguei esse blog de jeito nenhum.

Mas volto a contar o dia a dia do corredor.

sexta-feira, julho 25, 2008

Cross-training para prevenir lesões e melhorar técnica de corrida

Anteriormente examinamos as várias formas de cross-training que ajudam a manter ou melhorar seu condicionamento cardiovascular ao mesmo tempo que evitam lesões. Outros tipos de cross-training também podem aumentar a performance na corrida ao melhorar o equilíbrio muscular e técnica de corrida. A corrida de longa distância desenvolve resistência muscular especificamente nos músculos das pernas e quadril e é ótima para o sistema cardiovascular, porém tende a tornar alguns músculos fortes enquanto outros permanecem fracos. Fortalecimento do tronco, exercícios de corrida e sessões de alongamento podem eliminar esses desequilíbrios e, além de prevenir lesões, melhorar os tempos nas corridas.

Um estudo de Peter Cavanagh, PhD, e Keith Williams, PhD, descobriu que a maioria dos corredores usa naturalmente a amplitude de passada mais econômica para a velocidade correspondente. Isso leva à crença que corredores não devem alterar sua amplitude de passada. Esse conselho é correto a curto prazo, porém a longo prazo (meses e anos) pode-se aumentar a amplitude de passada ao melhorar a coordenação, resistência e flexibilidade. O ganho por passada será pequeno, mas multiplicado por milhares de passadas pode trazer benefício substancial. Adicionalmente, sua performance de corrida melhorará se conseguir manter a amplitude de passada por toda a corrida. Muitos corredores inadvertidamente diminuem a amplitude da passada quando cansam, o que em parte é a razão do ritmo cair à medida que a corrida progride.

Muitos estudos têm descoberto que a amplitude de passada está relacionada apenas levemente com variáveis biomecânicas como peso ou tamanho da perna. Em outras palavras, se você comparar um número de corredores com o mesmo tamanho de perna, suas amplitudes de passadas a determinado ritmo diferirão consideravelmente. O que causa essas diferenças? Resistência muscular, flexibilidade, exercícios e alongamento podem melhorar essas áreas.

Fortalecimento do tronco

Quando você corre, suas pernas trabalham como uma alavanca em relação ao tronco. Se os seus músculos pélvicos e do tronco estiverem fracos ou fatigarem rapidamente, então você não poderá manter a posição corporal correta ao correr. Ao melhorar a força e resistência muscular da pélvis e tronco você dá uma base de suporte mais estável para as pernas trabalharem. Seu tronco age como uma base fixa e suas pernas como alavanca em relação àquela base para propeli-lo adiante.

Corredores geralmente têm musculatura abdominal fraca que permite à pélvis rotacionar adiante e coloca mais força sobre a musculatura posterior da coxa. Essa é uma posição menos eficiente para correr e também eleva o risco de problemas nas costas. Exercícios para o tronco fortalecem a musculatura abdominal e atuam sobre outros músculos estabilizadores da pélvis e tronco. Ao melhorar o posicionamento da pélvis você cria uma base mais estável. Exercícios físicos e de flexibilidade então podem ajudá-lo a melhorar sua corrida ao elevar sua amplitude de passada natural.

Exercícios de corrida

Você provavelmente já viu velocistas fazendo várias combinações de corrida com joelhos elevados, pés tocando atrás das nádegas, etc. Bem, esses exercícios são bons para corredores de longa distância também. Primeiramente, eles podem melhorar sua coordenação e estilo de corrida. Segundo, eles ocasionam ganhos de resistência muscular que o podem permitir manter a amplitude de passada durante toda a corrida. Exercícios em ladeira de inclinação leve proporcionam ainda mais resistência, e ao concentrar na elevação do joelho, movimentação dos braços, ombros e pescoço relaxados, etc, você pode melhorar a capacidade de manter um bom estilo de corrida.

Os aspectos principais desses exercícios, também conhecidos como educativos, são exagerar vários aspectos da passada na corrida e concentrar em manter o estilo quando começa a cansar. Você deve fazer esses exercícios quando estiver aquecido mas ainda descansado, não adianta tentar melhorar sua coordenação e técnica quando já está cansado. Descanse suficientemente entre cada exercício e visualize-se os realizando com técnica perfeita.

domingo, julho 06, 2008

Treine o seu fôlego através da freqüência cardiáca

Por VO2 Assessoria Esportiva

Tanto quem já conhece seus limiares 1 e 2 ( aeróbicos ou anaeróbicos ) quanto para quem ainda não conhece, sugiro que faça o mais rápido possível o teste ergospirométrico ou cardiopulmonar.
Dessa forma podemos utilizar cálculos diretos e muito mais precisos.

Se você ainda não conhece seus limiares, use a fórmula abaixo, lembrando que neste treino utilizaremos apenas o limiar 1 :

A duração total do treino tem 1h30, sendo :

-10 min. de aquecimento;
- 1 hora de corrida moderada (no limiar 1);
- 10 min. de alongamento.

Faça este treino no mínimo uma vez por semana, lembrando que duas vezes é a freqüência ideal.

Fórmula : Limiar 1 = 75% da freqüência cardiáca máxima

quarta-feira, julho 02, 2008

Dieta Pró-Coração

Para afastar o perigo de doenças coronarianas, coma mais azeite de oliva, frutas, verduras, óleos ricos em gorduras poliinsaturadas (milho, canola ou girassol). Modere o consumo de carne vermelha, gorduras e açúcar. Reduza o sal, que eleva a pressão sangüínea, e mantenha distância de queijos gordos, manteiga, bacon, salsicha e lingüiça. E traga estes ingredientes à sua mesa:

> Aveia Contém a , bra solúvel beta-glucana, que, como uma "vassoura das artérias", envolve o colesterol e o manda embora com as fezes. "Adicione a vitaminas, saladas de frutas e iogurtes", sugere Cynthia Antonaccio, nutricionista da consultoria Equilibrium, em São Paulo.

> Proteína de soja Estudos comprovaram que ela diminui o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom (HDL).

> Vinho tinto Ele tem polifenóis, substâncias que beneficiam o coração, que estão também no café, suco de uva, chocolate amargo e chá.

> Maionese Não, você não leu errado. Estudos feitos no Canadá absolvem o molho, por ser feito de óleo vegetal, rico em gorduras poliinsaturadas (que aumentam o colesterol bom e diminuem o ruim). Ela é, inclusive, uma opção mais saudável que o requeijão, rico em gordura animal. E mais: melhor comprar maionese no supermercado do que fazê-la em casa. "Os modernos processos de fabricação reduziram muito o teor de gordura da maionese industrializada, que leva apenas 35% de gordura, contra 80% da versão caseira", explica Cynthia.

> Amêndoa Tem arginina, aminoácido essencial (também presente no chocolate, amendoim, gelatina, uva passa, cereais, cerveja e grãos), precursor do óxido nítrico. "A camada interna das artérias secreta essa substância, que tem propriedades vasodilatadoras e anticoagulantes", explica o personal trainer Carlos Cintra.

> Banana Rica em potássio, também presente na batata, ela dá uma baixada na pressão sangüínea. Mas há outros alimentos que previnem males cardíacos. Quais? Limão, laranja, acerola, goiaba (ricos em vitamina C), mamão, cenoura, abóbora (que tem betacaroteno), frutos do mar (com zinco) e castanha-do-pará (selênio).

Google+